Escudo Universidad de Antioquia

Sistema de Bibliotecas

Universidad de Antioquia

Biblioteca Digital


Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10495/3466
Título : 75 lições aprendidas de programas de competencia em informação em universidades da Ibero-america: 2009-2013
Autor : Tirado Alejandro, Uribe
Palabras clave : Competência em Informação
Alfabetização Informacional
Ensino-Pesquisa
Aprendizagem
ALFIN
CoInfo
Information Literacy
Teaching-Research
Learning
Fecha de publicación : 2014
Citación : Uribe Tirado, A. (2014). 75 lições aprendidas de programas de competencia em informação em universidades da Ibero-america: 2009-2013. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, 1(2), 4-18.
Resumen: As 75 lições referem-se ao principal resultado obtido a partir da pesquisa de doutorado: “Lecciones aprendidas en programas de alfabetización informacional en universidades de Iberoamérica", realizada por Uribe-Tirado (2013), a partir de um processo de análise que combinou diferentes métodos e técnicas de triangulação de dados, visando obter a mais ampla e integradora percepção sobre a realidade e a prática da alfabetização informacional ou competência em informação, no contexto das universidades Ibero-Americanas. O número total de casos sobre os que efetivamente aplicaram as lições aprendidas, a partir da análise realizada por meio da triangulação de métodos foram 289, sendo: 113 casos por meio de entrevista, 139 por meio de questionário e 37 por meio da análise da literatura. A partir da análise qualitativa exaustiva dos conteúdos obtidos, foi possível sistematizar 75 lições aprendidas, organizadas em quatro categorias que retomam os três contextos propostos por Gratch-Lindauer (2004), bem como incorpora a avaliação como um processo continuo de um ciclo. As lições aprendidas são apresentadas em uma sequência numérica para facilitar a leitura, mas não implicam em nenhum tipo de prioridade, assim como a redação dessas no infinitivo deve ser entendida como ações que se recomenda para obter melhores resultados nos programas de alfabetização informacional/competência em informação no contexto social e organizacional e nos processos de ensino-pesquisa, aprendizagem e avaliação da melhoria contínua da qualidade. Este resultado foi possível por meio da participação ativa dos coordenadores e/ou formadores em alfabetização informacional/competência em informação pesquisados e, assim, se espera que com essas 75 lições, os programas avançados em alfabetização informacional/competência em informação possam utilizá-las para revisá-las e auto avaliá-las, verificando quais se mantêm e quais não se mantêm, e das que se mantêm, quais seriam pertinentes revisar, adaptar e aplicar visando à melhoria dos programas. Por outro lado, para as universidades e bibliotecas que queiram começar e/ou dinamizar a alfabetização informacional/competência em informação são lições com uma base de conhecimento extremamente útil para avançar de maneira mais rápida, poupando tempo e recursos, uma vez que a experiência é uma aprendizagem que se adapta ao próprio contexto e segue permanentemente em análise e, assim, sempre poderá oferecer os melhores resultados para um programa de alfabetização informacional/competência em informação
Abstract : The 75 lessons are for the most important result from the PhD research: "Lecciones aprendidas en programas de alfabetización informacional en universidades de Iberoamérica" carried by Uribe-Tirado (2013), from an analysis process that combined different methods and data triangulation techniques, to obtain the most comprehensive and integrative perception of reality and the practice of information literacy in the context of Ibero-American universities. The total number of cases on which effectively applied the lessons learned from the analysis carried out by means of triangulation methods were 289, which: 113 cases through interviews, 139 through a questionnaire and 37 through literature analysis from the exhaustive qualitative analysis of the obtained content was possible to systematize 75 lessons learned, organized into four categories incorporating the three proposed contexts by Gratch-Lindauer (2004) and incorporates evaluation as a continuous process of a cycle. Lessons learned are presented in a sequence number for easy reading, but don’t imply any kind of priority, as the wording of infinitive should be understood as actions that are recommended for best results in the information literacy programs on social and organizational context and the teaching-research processes, learning and assessment of continuous quality improvement. This has been achieved through the active participation of the coordinators and/or professors in information researched and thus, it is expected that with these 75 lessons, advanced programs in information literacy can use them to review them and self-evaluate them, checking which keeps and which do not keep, and that keeps, which would be relevant review, adapt and apply aimed at improving programs. On the other hand, for universities and libraries who want to start and/or boost information literacy are lessons with an extremely useful knowledge base to advance more quickly, saving time and resources, since the experience is learning that adapts to the context and permanently follows on analysis and thus can always offer the best results for an information literacy program.
Grupo de INV. : Grupo de Investigación en Información, Conocimiento y Sociedad
URI : http://hdl.handle.net/10495/3466
ISSN :  23583193
Aparece en las colecciones: CICINF (Centro de Investigación en Ciencias de la Información)

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
UribeTiradoA_2014_75leccionesaprendidasportugués.pdf300,3 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons

 


Unidad de Gestión Tecnológica /Sistema de Bibliotecas / Universidad de Antioquia / Cl. 67 Nº 53 - 108 - Bloque 8 Conmutador: 219 51 51- 219 51 40 comunicacionessistemadebibliotecas@udea.edu.co Medellín - Colombia